domingo, 30 de janeiro de 2011

A norma


Não imaginam a quantidade de raparigas licenciadas, de universitárias a trabalhar como acompanhante.
Há uns anos a esta parte que este "mercado" explodiu. Muitos homens, com poderio económico que recorrem aos serviços de profissionais, preparadas para lhes dar exactamente aquilo que eles querem.
E as raparigas de anúncios de jornal, prostitutas vulgares ( não estou a fazer qualquer juízo nem a criticar, porque a diferença entre mim e elas é que sou mais preparada e cobro 20 vezes mais), mas essas são vistas com "meia hora de prazer", e absolutamente nada mais.
O principal objectivo deste blog é sobretudo poder mostrar às pessoas que são menos tolerantes e mais fechadas, mais antiquadas, que ser acompanhante de luxo não é uma vergonha. Não deve ser motivo para apontar de imediato o dedo na rua.
Quero que esta profissão seja vista como algo relativamente normal - não por mim, porque estou já em "final de carreira". Mas quero ajudar a mudar as mentalidades, e provar que a prima, a amiga, uma vizinha, ou quem sabe a própria irmã pode ser acompanhante de luxo. 
Porque, na verdade, os clientes são de carne e osso, são pessoas por quem toda a gente tem consideração, e são certamente pessoas amadas, pais, irmãos, tios, etc. É um circulo grande que se cria.
E portanto, é preciso fomentar o respeito. E sobretudo, acabar com o preconceito.
Estamos no século XXI gente! Open your eyes!

Talento

Só programas de talento. Confesso que até gosto de alguns deles. Mas a maior parte deixa muito a desejar.
Então quando esses programas englobam jogos de sedução e strips, é um descalabro.
Um dia explico-vos como se faz um strip de enlouquecer um homem!

sábado, 29 de janeiro de 2011

A noite

A noite é fascinante. Tudo acontece à noite, e essa aleatoriedade faz com que a noite tenha uma certa magia, um certo misticismo.
Por isso é que nós, raparigas, temos outro brilho nos olhos quando saimos à noite. Muitas vezes, à espera que nos apareça um principe encantado. Outras vezes, simplesmente à espera que o ambiente de festa nos contagie de tal forma, que eleve e transforme o nosso estado de espírito! É verdade que o alcool também ajuda, e ajuda muito. Parece que vale tudo. Saimos do nosso mundo, e entramos noutro, completamente à parte.
No meu caso, a importância da chamada "girls night out" é ainda mais extrema. Posso estar, posso ser eu.
Ontem, e pela segunda vez este ano, tive sensações muito boas. Com a mesma pessoa. Vamos ver o que o futuro traz.

Beijos
Mia

Noite com amigas

Ontem tive uma noite fantástica com amigas, como já não tinha há muito tempo!
Apesar de estar com ressaca, sinto-me tão feliz!!

Beijos

Mia

sexta-feira, 28 de janeiro de 2011

quinta-feira, 27 de janeiro de 2011

O livro

Uma das coisas que faço nestas alturas, é escrever. Preparo o meu livro. Às vezes escrevo em guardanapos, em folhas de papel avulso, papel de carta dos hoteis, post its, até no telemóvel escrevo. Depois compilo tudo, e faço um texto com cabeça tronco e membros.
Estruturar um livro é uma coisa bem mais complexa do que eu imaginava.
Tudo tem que estar encadeado, com um príncipio um meio e um fim. Não pode ser uma amálgama de textos sem um fio condutor.
É muito difícil, mas ao mesmo tempo muito desafiante.
Ainda não descortinei muito bem como vão funcionar as coisas em termos de edição e distribuição do livro, mas naturalmente que vou ter que entrar com algum dinheiro. É a vida.


Beijos

Mia

Vida dura

Pois é, tenho andado ausente, em trabalho. Aliás, ainda estou em trabalho, mas trouxe o portátil para o Hotel, e liguei-me agora um bocadinho ao mundo.
Não é muito fácil este tipo de trabalhos como o que estou a fazer agora, porque exigem muita paciência. Normalmente o cliente está em negócios, e eu tenho que estar sempre disponível, sempre em stand by, à espera de entrar em acção. Acreditem que para uma rapariga electrica como eu, é muito díficil ficar horas fechada num quarto de hotel à espera de um sinal ou de uma "ordem".
Tenho que estar sempre pronta para sair, ou para ficar. O cliente paga, e por isso manda.
Mas nem sempre é fácil ocupar o tempo. Tento ler livros e ver séries na televisão, mas a dada altura quase me apetece dar cabeçadas na parede. Ainda por cima, não convém andar a passear pelo hotel porque pode dar nas vistas.
Tem que ser!

Alguém tem sugestões para eu passar o meu tempo?

Beijos

Mia

terça-feira, 25 de janeiro de 2011

O Blog

O blog tem superado todas as expectativas. Tem corrido muito bem esta experiência, e estou muito satisfeita com o balanço que faço até aqui.
Agradeço aos milhares de leitores e leitoras diários que por aqui passam para saber mais sobre mim e sobre a minha intrigante, mas excitante vida.

O meu muito obrigada, continuem a aparecer, e claro chamem mais gente! O grande objectivo deste blog é sensibilizar as pessoas, e por isso, quanto mais leitores, mais mentes abrimos!

Beijos

Mia

Porquê?

Porque sim.

Equipa

Uma das ofertas de trabalho mais insólitas que tive até hoje, foi para "fazer" toda uma equipa de futebol profissional, e num balneário.
A equipa não era portuguesa, e era uma forma de eles celebrarem uma conquista de uma taça qualquer.
Eram 24 tipos, que incluia jogadores, treinadores e até massagistas!
A oferta chegou até mim (apesar do meu agente saber que não aceito esses trabalhos), porque o valor em causa era muito avultado, nada mais nada menos que 50 mil euros + viagens e alojamento. E era trabalho para uma tarde.
Obviamente recusei, acho que ia ficar totalmente destruída.
Mas houve uma pessoa que aceitou, que eu não conheço, mas que também é acompanhante de luxo.
24 clientes de uma vez, é obra! Deve é ter ficado de cama uns dias.

Mia

Taradices

Há bocado recebi um telefonema do meu agente, com uma proposta de trabalho no mínimo sinistra.
Um cliente, oferecia-me 5000 euros para ter sexo num galinheiro. Com os animaizinhos à volta e tudo.
Há gente muito muito doente. É grave! E o cliente em causa é conhecido por aí.
Recusei, obviamente.

domingo, 23 de janeiro de 2011

Depilação

É das coisas que mais custa a uma mulher. Doi, e doi muito.
Pena que os homens não saibam dar o devido valor (muitos já começam a depilar-se também, e sabem já o que custa).
No entanto, não fazem ideia do que custa a depilação nas partes intímas. Bem, é uma dor inimaginável.
Não há dúvida que é muito mais agradável à vista e ao toque, e claro, mais higiénico. Mas doi.
Por isso, se os vossos namorados ou maridos alguma vez vos pedirem para depilar a vossa genitália, façam-no ver o que custa, para que eles vos dêem o devido valor!

Bom, mas entretanto perdi-me. O motivo deste post, é que um cliente novo que vou ter, disse ao meu agente, que queria que eu tivesse o mais "peludinha" possível.
Gostos não se discutem, e por isso, vou tentar respeitar isso. Não será muito fácil, porque essa marcação é para daqui a um mês  - e duvido que o pêlo cresça assim tanto. Para além disso, tenho clientes entretanto, e esses normalmente preferem a versão "rapadinha".
Portanto, será muito natural que eu tenha que recusar essa exigência do cliente, e se assim for, posso muito bem perdê-lo.

Ossos do ofício.

Mia

Oi

Estive ausente, mais uma vez, por uns dias. Em trabalho, claro, e para não variar.
Apesar disso, consegui descansar. Tive imenso tempo para mim, porque o cliente tinha inúmeras reuniões, e isso permitiu-me gerir as minhas coisas totalmente à vontade. Não custou nada, e estou um bocadinho mais rica.
Ah, e o centro do país que não conhecia bem, é muito giro!

Beijo

Mia

Eleições

As eleições não me dizem nada.
Não é que eu seja propriamente uma cidadã exemplar, mas sinceramente, não quero saber do que se passa políticamente neste país.
Não vou votar, porque não me apetece. Democracia também é isto.

quinta-feira, 20 de janeiro de 2011

Relações

Neste dia, há uns anos atrás, chegou ao fim o relacionamento que tive com aquele que até agora foi o amor da minha vida.
Esta música lembra-me tudo nele.
Estou nostálgica, e apesar de o considerar o amor da minha vida, ou pelo menos a pessoa de quem mais gostei até hoje, estou bem como estou, e nunca ponderei nem ponderarei um reatamento (que durante algum tempo, e ainda recentemente ele tentou).

Aconteceu, outra vez

Ontem cruzei-me com um cliente que tive.
Não foi a 1ª vez que me aconteceu, mas é sempre uma situação embaraçosa.
Sobretudo porque ele estava acompanhado (suponho que pela mulher), e porque me cumprimentou. Numa 1ª fase ele não percebeu quem eu era, e cumprimentou-me. Só depois caiu nele, e ficou de todas as cores. Eu agi da forma mais natural possível, mas odeio quando isso acontece. Sinto-me muito exposta. Mas são ossos do ofício.
Gostava de saber o que é que ele terá dito à mulher quando ela lhe perguntou "quem era esta?".

Às voltas

O tempo está melhor, já se pode passear à vontade na rua. Não tarda chega a primavera, e depois o verão!
O verão é a minha altura preferida do ano, costumo tirar um mês inteiro de férias - o Agosto.
Sabe-me pela vida. Nessa altura, sou eu, só eu. Sem enganos, nem subterfúgios.
Estou em pulgas para o próximo verão, tenho grandes planos, e só quero que estes 6 meses passem muito rápido!

segunda-feira, 17 de janeiro de 2011

Livros, Filmes, Guiões

Parece repetida a minha história. Pelo menos o conceito em si.
Não ando atrás de ninguém, e odeio cópias. Sobretudo porque os originais são sempre muito melhores.
Aquilo que conto ou tento contar, é o meu dia-a-dia. As situações do meu quotidiano.
Nada é ficção, tudo é real. Mesmo que às vezes não seja tão foclórico ou colorido.
A diferença reside sobretudo na exclusividade. E por isso, o âmbito é mais fechado, mais reduzido.
Não sou melhor que qualquer surfistinha que para aí ande, sou igual. Igualzinha. Mudam os contornos, mas não muda o essencial. E acredito que quando vir o filme, me vou rever muito nela.

Surfistinha.

A minha história é mesmo muito diferente desta.

Angústias

Foi um fim de semana de trabalho, este que passou. Tal como vos tinha dito, tive um cliente de Sexta à noite atá Domingo de manhã.
Eu não estava com a melhor disposição, e por isso, foi muito dificil manter a minha simpatia e o meu sorriso permanentemente.
Sim, porque sou profissional, o cliente paga, e por isso tenho que estar sempre no meu melhor. Tenho que estar fisica e mentalmente perfeita. No fundo sou uma espécie de actriz. Tenho que esconder as minhas verdadeiros sentimentos e estados de espírito, e encarnar o meu personagem.
Custa um bocado. Posso dizer-vos que passei a noite se sexta e a de sábado acordada. Não consegui dormir. Cada vez me custam mais os trabalhos em que tenho que passar a noite com o cliente.
Sinto-me desde o ínicio do ano em mudança, talvez por ver a minha meta cada vez mais próxima. Mas este não é o momento para deprimir ou equacionar uma mudança de rumo. Tenho que me manter forte, e aguentar esta minha caminhada até ao fim. E já falta muito pouco.
Nos tempos mortos, tenho tentado escrever, coisas avulsas para a preparação do meu livro.
Acredito agora, que faz todo o sentido que o lançamento do livro coincida com o meu "fim de carreira".

Entretanto, tenho que fazer o meu caminho, e os próximos trabalhos estão já aí...

Um Beijo

Mia

domingo, 16 de janeiro de 2011

Domingo!

Aqui estou eu, de regresso de um fim de semana com muito trabalho! Estou muito cansada, passei algum tempo em viagem, ainda por cima de carro, e estou a precisar do meu sonho de beleza.

Já aqui passo.

Beijos

Mia

sexta-feira, 14 de janeiro de 2011

Hoje estou.

Quando estou deprimida, vou às compras.
Comprei um vestido que é a minha cara. Bem, custou-me pelo menos os olhos da cara.
Mas fiquei um bocadinho menos deprimida.

Vou ouvir música, comer um gelado e ler a Happy :p

Beijos

Mia

quinta-feira, 13 de janeiro de 2011

Conceitos

Como seria a vida sem o preconceito?
Será que as pessoas têm sempre que ter o dedo em riste, para apontar, acusar, crucificar os outros?
Nunca entendi bem, e lido muito mal com isso.
A vida era tão mais fácil se cada um procurasse viver a sua vida, se cada um procurasse ser feliz à sua maneira, sem perturbar o alheio.
Talvez um dia caminhemos para lá. Por enquanto ainda estamos longe.

quarta-feira, 12 de janeiro de 2011

A proposta

Olá!

Hoje recebi uma proposta interessante. Um cliente habitual ofereceu-me 2000 euros por mês para ser "só" dele. Só tinha que estar à disposição dele a qualquer hora de qualquer dia.
Ele é casado, com filhos. Boa pessoa, quarenta e tal anos.
A oferta pode parecer tentadora. No fundo ele pagava-me para ser a amante dele, mas exigia exclusividade.
Podia dispensar o meu agente, era uma forma deixar mais rapidamente esta vida.
Mas apesar de tudo, é muito pouco dinheiro. Não chega.
Disse-lhe que agradecia a oferta, mas que não podia aceitar.

Se ele me tivesse oferecido 5 ou 6 mil euros, a conversa era outra. Mas estamos em crise!

Beijo

Mia

Noite e só

Esta é a parte triste da minha vida neste momento. Durante a semana, quando não estou a trabalhar, estou sozinha.
Custa-me muito, porque sou uma pessoa super extrovertida, adoro estar, falar com pessoas, discutir, rir, beber, jogar. O convívio é das coisas que mais me realiza. E neste momento, passo muitos serões só, completamente só. É angustiante.
As coisas eram tão mais fáceis para mim quando tinha namorado. Saber que ia chegar a casa, e ele ia estar lá. Sinto falta disso. Não dele, mas da situação.

Às vezes penso se não seria melhor ter um namorado. Mas esse pensamento passa-me rapidamente, porque me tenho que focar no trabalho, e em conseguir atingir a meta a que me propus, para por isto atrás das costas. Anseio por esse dia, e sinto que é aí que vou começar a viver a vida em pleno.
São só mais dois anos. Já cheguei até aqui, falta muito pouco agora. Como vos disse num post anterior, vou fazer um trabalho de 1 semana, em que vou amealhar algum dinheiro, que vai direitinho para as minhas poupanças (que não estão em bancos portugueses,lol).

Quando acabar a carreira, quero viver a vida, não ter segredos, nunca mais. Não fazem ideia da dificuldade que guardar um segredo deste género comporta.
Se a minha família, as minhas amigas, se o meu mundo soubesse desta minha faceta, não sei o que seria de mim. Tento arranjar maneira de fazer com que o blog chegue até eles, até para perceber as reacções. Provavelmente, alguns amigos e amigas estão a ler-me neste preciso momento. Já pensaram? Podem ser vocês. Sei que dei algumas pistas, se calhar demasiadas (e todas as pistas que dei são absolutamente verdadeiras), mas também sei que estou protegida, porque a minha vida profissional é inatingivel.
Os meus clientes são filtrados por mim, com o meu agente, e por isso, era impossível eu ter um cliente que conhecesse. Os eventos que frequento, não dão margem para pensamentos desse tipo, até porque a última coisa que querem é que achem que eles estão com uma profissional contratada.

Que vontade tenho de sair disto. Para além do blog (o meu bebé), estou a escrever um livro. Quero publicá-lo em breve. Ainda não sei muito bem em que termos, porque tenho que ser anónima.
Em relação a isso, agradeço as vossas sugestões, são muito benvindas, como sempre!

Ps: Não posso deixar de agradecer mensagens de força e de encorajamento vindas de mulheres. Não imaginam como isso me deixa feliz, e como me faz bem. Obrigada por isso, por não me marginalizarem, sabe muito bem.

Desculpem estes desabafos todos, mas estou sozinha, a olhar para a televisão, e estou triste.

Beijos

Mia

terça-feira, 11 de janeiro de 2011

Tamanhos

Vou tentar desfazer de uma vez por todas os mitos dos tamanhos.

Essencialmente, o tamanho de um pirilau e a satisfação que dá a uma mulher, por si só, depende da mulher.
Há mulheres que preferem os mais dotados, como há outras que preferem os menos dotados.

Na minha opinião pessoal, o tamanho interessa (claro!), mas não é só o comprimento, a largura também é importante. Mas não é o tamanho que faz um bom amante.
Ou seja, o tamanho interessa, na medida em que se quer um equilibrado. Interessa que não seja muito pequeno, e interessa que não seja muito grande. Interessa é que trabalhe muito bem.
O tamanho faz diferença, mas o tamanho médio é perfeitamente satisfatório.

Obviamente, nunca andei em medições, mas 15cm (erecto) parece-me um tamanho perfeitamente ajustado. O aceitável para a maior parte das mulheres, e neste caso posso falar das experiencias das minhas amigas também, será entre os 12cm e os 22cm. Tudo o que seja menos de 12cm é pouco, e tudo o que seja acima de 22cm pode ser demais. Portanto, o ideal será estar algures no meio, nesse intervalo de 10cm.
Se estiveres dentro deste intervalo 12 - 22, podes estar perfeitamente descansado, porque tens um tamanho dentro da média normal, e perfeitamente válido. Só tens mesmo que saber o que fazer com ele ;-)

Espero que tenha ajudado a esclarecer algumas dúvidas.

Beijo

Mia

Corrida

Vou dar uma corrida e depois ginásio. Pois é, tenho que estar em excelente forma.

Beijos

Mia

segunda-feira, 10 de janeiro de 2011

Eu e Ela

Em 2006, quase um ano depois de me ter iniciado no mundo das escorts, recebi uma proposta que me fez entrar num campo bem diferente daquilo a que até ali estava habituada - Um trio. Eu, outra escort e um cliente. O bem conhecido ménage à trois.
Já havia recebido 3 ou 4 propostas do meu agente para um ménage à trois, mas sempre as declinei, por achar que não era capaz. Sou heterossexual, e nunca sequer tinha dado um beijo na boca a uma amiga (como de resto é habitual em muitas amigas minhas). Esse tipo de coisas sempre criaram em mim alguma repulsa. Sou mulher, e por isso, gosto é de homens.
Mas, para tudo há uma 1ª vez na vida, e o montante oferecido para essa experiência era irrecusável - 10 mil euros por um fim de semana para as duas. Dava 5 mil euros, limpinhos. Hesitei, mas não podia recusar tanto dinheiro. Liguei ao meu agente para dar o OK. Ele disse-me, "vais ver que vais gostar, e que vais passar a vida a pedir-me para te arranjar trabalhinhos destes".

15 dias depois, chegou o momento. Dirigi-me ao local combinado, um resort de luxo próximo de Lisboa, que tinha um enorme campo de golfe, rodeado por vivendas que se podiam arrendar. Imagino que um fim de semana naquele sitio paradisiaco custe uma pequena fortuna - mas nada comparado com aquilo que o cliente pagou pela companhia.
O cliente abriu-me a porta, já com uma flute de champagne na mão, convidou-me a entrar, e disse-me para estar à vontade. Não conhecia o cliente, mas era um tipo novo, muito bem parecido, bem constituido, com 30 e poucos anos. Ligado às telecomunicações. Rico. Muito Rico pelo que percebi. Achei muito estranho ele estar naquela situação. Um playboy típico, com um descapotável à porta, que teria custado uns 150 mil euros, com tudo o que qualquer homem sonha, estar ali a pagar acompanhantes. Não fazia muito sentido para mim. (mais tarde em conversa, ele dir-me-ia que tinha tido uma relação longa que falhou, e que não estava preparado para entrar noutra tão cedo, e que por isso queria aproveitar a vida, mas sem "mulheres-abutre" à volta. Assim, contratava um seviço, e a coisa morria ali.Legítimo.

Entretanto, chegou a outra escort. Deixou-me boquiaberta. Eu até ali pensava que é a melhor escort do mundo, e naquele momento reduzi-me à minha pequenez.
Ela era descomunal! 1,80m, com uma pele perfeita (como eu nunca tinha visto na vida), uns olhos verde-água, cabelo loiro, quase dourado, a fazer pendant com a cor de pele. Umas mamas de fazer inveja à Carmen Electra. Umas pernas compridas, tonificadas, bronzeadas, um rabo perfeito que sobressaía no vestido curto e apertado que ela trazia. Que estampa! uma autêntica capa de revista! Talvez a mulher visualmente mais extraordinária que vi até hoje!
Ela era uma profissional, nunca a tinha visto. Segundo me disse o meu agente, ela trabalhava em Lisboa.

Cumprimentei-a, algo a medo. Nunca tinha estado com outra mulher. Estava muito nervosa com a situação porque não sabia como o meu corpo iria reagir.
Estava tensa.

O cliente disse-nos para nos preparmos, tomar um banho, relaxar, vestir, e irmos ter depois ao bar do resort, onde ele estaria à nossa espera, para tomarmos uma bebida, e para depois irmos calmamente jantar.

O jantar foi divinal. Embora servido numa quantidade muito pequena. Serviram o melhor dos afrodisiacos: ostras.

Depois do jantar, fomos passear. Dar uma volta a pé, pelo resort, os três. Falamos sobre tudo. Ou quase tudo. Ele falou mais que nós, e abordou a vida pessoal. Segredou-nos que era uma pessoa muito feliz, e que estava de bem com a vida. E isso notava-se.

Fomos para casa, e ele disse-nos para irmos até ao quarto. Sentou-se numa cadeira que o quarto tinha, ao pé da cama, e disse "improvisem, eu fico a assistir".
A minha pulsação deve ter disparado. Sentia-me uma bomba (e não era uma bomba sexual).
Até que ela me deu a mão, levou-me para cima da cama, disse-me ao ouvido "tem calma querida, deixa-te levar pelos sentidos, fecha os olhos". E assim fiz.
Mal fechei os olhos, senti os lábios dela encostarem-se aos meus. Beijámo-nos. A primeira sensação foi estranha, mas logo a seguir, deixei-me ir, e beijamo-nos loucamente durante mais de 5 minutos. Foi impressionante. Fez-me lembrar os tempos de liceu, nas primeiras vezes que curti com um rapaz. Por inacreditável que pareça, aquilo foi um beijo quente, intenso, apaixonado.
Entretanto, ela começou-me a despir, calmamente, enquanto se despia também. Até que ficamos só de lingerie. O cliente olháva-nos com um olhar lânguido. Parecia um predador.
Ela tira-me o soutien, e começa a lamber-me as mamas, foi uma sensação excelente.
Mas o melhor ainda estava para vir, quando ela me começa a arrancar as cuequinhas com os dentes, e depois me faz o melhor minete da minha vida. Quando ela começou a lamber-me e a chupar-me, eu nem sabia o que fazer. Eu esperneava, eu gemia, era um prazer inacreditável, sem comparação. Durou talvez uns 10 minutos, e tive dois orgasmos só com aquilo. Foi LINDO!

Entretanto, o cliente entrou em acção ( e salvou-me, porque me fazia muita confusão ter que fazer um minete à outra escort). Despiu-se, e ela saltou para o pé dele, e começou a chupá-lo. Chamou-me para o pé deles, e começamos a chupá-lo alternadamente, enquanto nos beijávamos.

Até que ele disse que tava pronto para me comer. E assim foi, começou a cavalgar-me, com uma intensidade muito razoável, e a outra escort, ia interrompendo os movimentos, chupando-o delicadamente. Passou depois para ela, comeu-a por trás, pela frente, pelo lado, e já não voltou mais a mim naquela noite. Ela era imbatível. No fim, quando se estava quase a vir, pediu-nos para nos por lado a lado, e regou-nos com esperma, todo satisfeito da vida.

No dia seguinte, a história repetiu-se. Foi parecido.

Bom, Foi a minha primeira experiencia com uma mulher, e jamais esquecerei, porque foi muito muito muito bom!

Mia

Ainda as mensagens

Agradeço alguns comentários que me têm chegado, relativamente ao post em que descrevi uma situação em que o preservativo rompeu.

Queria deixar bem claro, que para além de eu ter feito a análise, o cliente com quem estive também fez, e trocamos essa informação um com o outro. Ele estava limpo, e eu também.
Claro que o período de incubação da doença é de 3 meses. E como todos sabemos, em 3 meses acontece mesmo muita coisa.

De qualquer forma, nesse mesmo dia, de madrugada, fui fazer o teste e tomei o "cocktail" de antiretrovirais.
Deram-me 100% de certeza que não havia hipótese de estar infectada.
Jamais continuaria a trabalhar se tivesse a mais pequena dúvida.

domingo, 9 de janeiro de 2011

Falsidade

Ainda voltando às mensagens, tenho recebido algumas que me acusam de ser um homem e deste blog ser uma mentira.
Outros que me acusam de usar o blog para angariar clientes para a minha profissão.

Ora, como eu disse quando comecei, criei o blog como um desabafo, para contar coisas que nao posso contar a mais ninguém. É uma terapia para mim.

Acho que só alguém com um espirito doentio inventava e criava tudo isto.
Quanto a angariar clientes, eu não me mostro, nem dou o meu contacto, como poderia angariar clientes por aqui?

Os que têm dúvidas que pensem nisso, e que não voltem ao blog.

Beijos

Mia

Festejar

Recebi agora um telefonema do meu agente, com dois novos clientes. Até aqui, tudo normal.

Mas.....Um deles, o trabalho é para uma semana inteira, e num paraíso! Foi uma notícia bombástica, ainda por cima estava tão triste com este tempo!
Vai ser maravilhoso! O cliente, é muito especial. Um cliente habitual que quase se tornou um amigo. Falamos sempre muito, rimos imenso, e damo-nos muito bem. Mas nunca deixo desaparecer o meu lado profissional. Seria muito perigoso deixar levar-me pelas emoções e sobretudo pela boa vida que ele propiciona. Trabalho é e será sempre trabalho.
Mas para mim, vai ser um misto de trabalho e férias. Porque vou estar muito bem, num paraíso, e vou ficar uns milhares de euros mais rica. YYYYEEEEEEEEEEESSSSSSSSSSS!!!!!!!!!!!!!!!!

Ps: Queria agradecer às centenas e centenas de mensagem de apoio que tenho recebido aqui no blog. É muito gratificante. Claro que também chegam mensagens insultuosas, mas essas passam-me ao lado.

Para além disso, queria agradecer aos milhares de leitores que por aqui têm passado desde que me iniciei nesta aventura. Ultrapassar os 50 mil leitores únicos em tão pouco tempo é um feito extraordinário, de que me orgulho muito! A todos o meu muito obrigada, e espero que continuem a visitar-me! :)

Beijo

Mia

Domingo

Domingo de manhã e o tempo está miserável para não variar.
Infelizmente, daqui até à primavera ainda faltam dois longos meses, temos que aguentar e tentar não deprimir.
Vou aproveitar para tratar do meu corpo hoje. Acordei cedinho, para poder tratar de mim.
O luxo exige pormenor. E é disso que vou tratar agora: Pormenores.
Entretanto, vou ver se vou escrevendo algumas coisas por aqui, para que fiquem a conhecer mais um bocado da minha pessoa.

Ps: Este meu computador novo é estrondoso!

Mia

sexta-feira, 7 de janeiro de 2011

New Laptop

Tenho um portátil novo, e é LINDOOOO!
Agora estou melhor equipada para "postar" a história da minha vida aqui no blog.
Para além disso, tenho o fim de semana livre, todo para mim! Vou passá-lo com a família e com amigos, um deles muito especial.

Beijos

Mia

quinta-feira, 6 de janeiro de 2011

Mau Tempo

Este tempo deprime-me. Estou em casa enrolada numa manta a ver televisão. Não me apetece fazer nada, e hoje há o jantar de Reis, que normalmente faço com amigos. Estou sem paciência para nada. Acho que vou passar a tarde a dormir.
Logo à noite vou comprar um computador portátil novo :)
E também já encomendei um carrito novo! Tempo de mudança! Só não vos vou poder dizer que carro é, por motivos óbvios.

Beijos

Mia

Trabalho, Trabalho, Trabalho

Desculpem a minha ausência nestes dois dias, mas tive em trabalho. 2 dias com o mesmo cliente, um cliente habitual, numa deslocação ao estrangeiro.
Correu muito bem, e deu para desanuviar. Estive em Londres. Estava muito frio, e nem tempo tive para ir às compras.
Um almoço, e dois jantares, um deles de gala. O resto foram preparativos - Muito tempo nos cabeleireiros, e algum a ler informação sobre os convidados, para estar perfeitamente preparada. Senti-me parte da alta sociedade britânica, foi compensador.
O cliente é um tipo 5 estrelas, mas sem tempo para mulheres ou namoradas. Trabalhador incansável e profissional muito dedicado. Muito bem sucedido, cada vez mais aliás.
Se querem saber, nem houve sexo propriamente dito. Algumas brincadeiras, mas não houve tempo para sexo.
Depois conto-vos melhor o que houve.

Mia

segunda-feira, 3 de janeiro de 2011

Luxo

Luxo significa exclusividade. Significa algo que não é para todos. Eu não sou para todos. Sou para poucos, só para os que me podem pagar. Por enquanto é assim que funciono.
Garanto qualidade e profissionalismo máximo. Não admito que regateiem, ou que digam mal de mim.

Desculpem, mas hoje tive que por um cliente na ordem, e desisti do serviço. Era muito dinheiro, mas apesar de vender o meu corpo, há coisas que não aceito.

É possível que este meu comportamento esteja relacionado com aquilo que me aconteceu no fim de ano. Um dia destes conto-vos. Apetece-me ser normal!

Mia

sábado, 1 de janeiro de 2011

2011. Ano novo. Vida Nova??

Mais um ano que passou, e para mim foi dos bons. Muito trabalho, muita diversão, e muito sucesso. Gostei muito de 2010!

A minha passagem de ano foi soberba. Não posso dizer onde foi, mas foi com muitas amigas e amigos, e foi muito especial para mim.

Estou muito feliz hoje!

Bom 2011 para todos.

Mia