segunda-feira, 17 de janeiro de 2011

Livros, Filmes, Guiões

Parece repetida a minha história. Pelo menos o conceito em si.
Não ando atrás de ninguém, e odeio cópias. Sobretudo porque os originais são sempre muito melhores.
Aquilo que conto ou tento contar, é o meu dia-a-dia. As situações do meu quotidiano.
Nada é ficção, tudo é real. Mesmo que às vezes não seja tão foclórico ou colorido.
A diferença reside sobretudo na exclusividade. E por isso, o âmbito é mais fechado, mais reduzido.
Não sou melhor que qualquer surfistinha que para aí ande, sou igual. Igualzinha. Mudam os contornos, mas não muda o essencial. E acredito que quando vir o filme, me vou rever muito nela.

1 comentário:

  1. Gosto do cuidado que tem ao seleccionar as fotos que apresenta. Sempre fotos de qualidade, tanto estética como técnica.

    Há por aí um hobbie chamado fotografia??

    Continuação de bom blog... :)

    ResponderEliminar